Breve Antologia de Haikais

Breve Antologia de Haikais

Velha lagoa
Um sapo salta
O som da água

dia de finados
do jeito que estão
dedico as flores

Matsuó Bashô

*****************

a noite
me pinga uma estrela do olho
e passa

Paulo Leminski

*****************

na Praça da Sé
os idosos tomam sol
sem falar nem ler

Masuda Goga

*****************

o dia abre sua mão
duas nuvens
e estas poucas palavras

Octávio Paz

*****************

fim de ano
na agenda nenhuma pendência
mas essas saudades!

Teruko Oda

*****************

tempo fechado
vagalumes
estrelas no chão

azaléia em choque
os botões se abrem
alma em flor

Louise Rocha Crivelenti

*****************

o sol
consola
o dia

Daniel Fagundes

*****************

(este foi escrito a lápis e se chama autobiogrfia)

de mim
só resta (ou restou)
o grafite

Júlia Rocha

*****************

vagalumes alumiam
estrelas cadentes
há vagas no céu

Cândido Alencar Machado

*****************

no céu azulado
uma pipa flutua
festa no coração

vagalumes no escuro
piscam, piscam, piscam
muita luz

Augusto Rocha Crivelenti

*****************

escondidinha
entre os galhos de uma árvore
a andorinha canta

Gustavo Alves Gonçalves
(Projeto Ler, escrever, poetizar, desenvolver – Senac/07)

*****************

Sem Comentários

Sorry, the comment form is closed at this time.