Antologia Haikais (parte 11)

Antologia Haikais (parte 11)

Seja com este, que consta de seu livro Haikai, inspirada edição português- japonês – kanji:

 

poema sem palavras

harpa sem cordas

portão sem portas

 

Alberto Marsicano

 

 

Este poema também ficou em primeiro lugar no Primeiro Encontro Brasileiro de Haicai, em 1986. Havia 10 premiações para 3 diferentes temas, e este é inesquecível… o haikai que não cala:

 

alma lavada

cheiro de terra molhada

chuva de verão

 

e Silvia Mera despontando de novo, neste tema, neste primeiro Encontro, em quinto lugar:

 

um dragão que chove pela boca

solidão de enterro

pranto, só pranto

 

Silvia Mera

 

E em 10º. a haikaísta e brilhante tradutora de haikais do português para o inglês:

 

estava tão triste

bem junto daquela janela:

chovia dentro de mim…

 

Clície Pontes

 

E brilha novamente a poeta, no sexto Encontro, em 1992, em terceiro lugar, com este inspirado haikai:

 

noite de desejo!

o amor penetra e ilumina

quando a luz se apaga…

 

 

E, ainda no Primeiro Encontro, o primeiro lugar no terceiro tema proposto, onde brilhou Silvia Mera:

 

luz prateada de noite cheia

lua clareando

reflexo de gaivotas

 

Silvia Mera

 

Sem Comentários

Postar Comentário