Antologia de Haikais (parte 8)

Antologia de Haikais (parte 8)

vagalumes no escuro

piscam, piscam, piscam

muita luz

 

Augusto Rocha Crivelenti

 

Meu filho do meio escreveu este haikai aos 12 anos, em uma oficina que eu ministrei no Vale do Matutu, em Aiuruoca, em Minas Gerais, em 2007. O contraste do escuro e da luz se faz através de seus grandes olhos negros. O mesmo menino e os mesmos olhos que inspiraram esta minha  brincadeirinha em três versos:

 

a família na sala

de repente o som alto dispara

que susto, Augusto!

 

 

escondidinha

entre os galhos de uma árvore

a andorinha canta

 

Gustavo Alves Gonçalves

 

O autor deste haikai é um jovem que escreveu o poema aos 11 anos, em um projeto denominado: Ler, Escrever, Poetizar e Desenvolver, realizado pelo SENAC São Paulo, do qual fui consultora. O projeto foi implantado em são Paulo, na Escola Estadual Guiomar Novaes, em 2007, com alunos da 4ª. série da entusiasmada Professora Neusa Maria Mandl. Trabalhei a 4 mãos e 2 corações com a Professora Kátia Silene Fernandes de Souza. Inovação na Educação: o haicai. Um projeto singelo, belo, viável, que encantou as crianças…que nos encheu de esperança…  que nos encantou a todos!

 

rede ao vento

se torce de saudade

sem você dentro

 

Alice Ruiz

 

Grande haikaísta brasileira, também é letrista, tradutora, publicitária e professora de haikai. Participei de uma profícua oficina que ministrou em julho de 2005, no Estúdio Move, na Vila Madalena, em São Paulo.

 

Sem Comentários

Postar Comentário