Aulas de haikai

O haikai é um micropoema de origem japonesa, inspirado na natureza. Ele contém um universo que se descortina em 3 versos. Como dizia o haíkaísta Paulo Leminski (1944-1989), o haikai é uma "cápsula de poesia concentrada ". Em sua coletânea O haicai no Brasil , Adriana Calcanhoto afirma que o haikai é a forma poética mais praticada no Brasil; que se pratica mais haikai hoje do que soneto no século XIX.

Trabalhar com haikais é empreender um exercício de linguagem, onde a natureza, contemplada e vivenciada, é transformada nas breves formas poéticas de três versos.

A partir da observação – e da contemplação da natureza – uma maior integração se estabelece entre a ou o poeta, o leitor ou a leitora e o haikai. 

As pessoas que leem, escrevem, estudam e apreciam o haikai passam a prestar mais atenção à natureza. 

Talvez o haikai seja a forma poética mais praticada no Brasil contemporâneo, por sua natureza diminuta e sintética. Ele atrai o interesse de pessoas de todas as idades, gêneros, profissões e atuações. É uma poesia democrática e acessível. 

O haikai desperta o amor pela natureza, desperta para a presença, para o estar aqui-agora, desperta para as coisas simples da vida, desperta a poesia e a arte que reside dentro de cada pessoa.

Sílvia Rocha vem trabalhando há 35 anos com o haikai e, a cada dia, se surpreende com a receptividade que encontra, junto aos alunos, em suas oficinas, encontros, aulas e palestras.


Galeria de Fotos